A Fundação Barraquer oferece atenção ocular grátis a pessoas vulneráveis

A Fundação Barraquer, a Mesa de Entidades do Terceiro Setor, Cruz Vermelha, departamentos de Saúde e bem-Estar e Família da Autarquia, a câmara Municipal de Barcelona e as duas entidades municipalistas catalãs, a FMC e a ACM, assinam um acordo por um ano e prorrogável que permitirá atender a quase meio milhar de pessoas em risco de exclusão social que não recorrem aos serviços de saúde

A Fundação Barraquer oferece atenção ocular grátis a pessoas vulneráveisResponsáveis do convênio que presta atenção oftalmológica a pessoas vulneráveis/Foto fornecida pela Fundação BarraquerO complexo caminho a percorrer na corrida contra o alzheimer

Segunda-feira 03.09.2018

Auscultando a obra literária de Gabriel García Márquez

Terça-feira 28.08.2018

95 por cento dos usuários da saúde privada mostra uma satisfação completa

Sexta-feira 31.08.2018

“Esperamos começar o quanto antes e poder ajudar muitas pessoas, crianças e adultos, que são afetadas de problemas oftalmológicos, mas pensam que não é o mais importante”, disse a vice-presidente e diretora-executiva da Fundação, a doutora Elena Barraquer, impulsionadora desta iniciativa, na apresentação do convênio.

As federações e entidades da Mesa do Terceiro Sector Social e da Cruz Vermelha na Catalunha, em coordenação com os serviços sociais básicos, serão os encarregados de avaliar os casos passíveis de participar do programa.

Podem beneficiar destes tratamentos para as pessoas não empadronadas, mas que vivem na Catalunha, e aquelas que se encontram em situação de pobreza ou risco de exclusão social.

Neste sentido, consideram-se grupos prioritários-as pessoas que têm dificuldade para pesquisar os mecanismos de acesso aos serviços de saúde por diversas circunstâncias, e sofrem de algum problema oftalmológico; crianças e jovens que sofrem de alguma patologia oftalmológica e que se encontram em situação de especial vulnerabilidade e pessoas em situação de exclusão social ou de pobreza severa que apresentam uma situação de risco socio-sanitário e que precisam de acompanhamento oftalmológico.

A prevenção e tratamento ocular a levar a cabo a Fundação Barraquer e abrange a detecção precoce de algumas doenças ou complicações oftalmológicas e, nos casos em que tal seja necessário, o seu tratamento cirúrgico, até a alta cirúrgica.

Barraquer explicou que a fundação pagará os custos das intervenções clínicas, quando sejam necessárias, como por exemplo nos casos de cataratas.

O ministro da Saúde, Boi Ruiz, salientou que esta colaboração com a Fundação Barraquer “não é um sistema de substituição”, mas uma ajuda para o sistema de saúde catalão.

Ainda assim, tanto a presidente de Mesa de Entidades do Terceiro Setor Social, Àngels Guiteras, como o presidente da Cruz Vermelha na Catalunha, Josep Marquès, coincidem em apontar como os principais beneficiários desta iniciativa para os moradores em risco de exclusão que, por não estar empadronaros não têm cartão de saúde, como os recém-chegados.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply